Atari Lynx
O Atari Lynx foi primeiro video game portátil a ter tela colorida, tendo sido lançado em 1989 pela Atari.
Mas, diferente da maioria dos videos games, o Lynx não foi um projeto feito dentro da Atari. Ele foi originalmente feito pela Epyx (uma sofhouse que desenvolveu sucessos como California Games, Summer Games, Winter Games, etc) em 1987 e durante o projeto se HANDY.
Dois dos projetistas (Dave Needle e R.J.Mical) também participaram da equipe de desenvolvimento do computador AMIGA.
A Atari percebeu que Handy possuia recursos excelentes e muitos jogos estavam sendo denvolvidos para ele. Assim, achou que era preciso comprar o projeto da Epyx. Por sorte da Atari a Epyx estava passando por problemas financeiros (ainda devido aqueda do mercado de video games e do Atari 2600).
Como a Atari precisava recuperar o mercado perdido para a Nintendo optou por comprar o Handy e lançar o video game com o nome de LYNX (Lince, em inglês). O Lynx era um video game que usava um processador central de 8 bits (o 6502) e um processador de video de 16 bits (esta estratégia também foi usada pela NEC com o PC Engine). Isto fez com que o Lynx tivesse imagens fantásticas para a época e jogos excelentes. Mais de uma centena de jogos foram lançados para o Lynx. Grande parte deles agradou ao público, em especial SLIME WORLD, jogo para até oito pessoas, onde o objetivo era matar monstros em uma caverna imensa. Os maiores sucessos foram Blue Lightning, California Games, Double Dragon e Shadow of the Beast.
Foi lançado para concorrer com o Game Gear da Sega e com o Game Boy da Nintendo. Porém, devido ao seu alto custo (US$ 180,00 na época), em função de seu procesador de 16 bit e sua tela de alta definiçao, que consumiam muita bateria, acabou no ostracismo.