Neo-Geo
O AES surgiu após o sucesso da placa MVS nos arcades japoneses, sendo nada mais que o mesmo hardware com um formato adaptado para um console doméstico, fazendo com que os jogos caseiros fossem exatamente iguais aos jogados nos arcades.
Apesar dessa vantagem, todo sistema de hardware era voltado para a exploração profissional de jogos e contava com recursos gráficos avançados ainda caros para o usuário final. O seu preço era extremamente alto em comparação aos outros videogames da época: U$650, e os cartuchos passavam dos U$200 (o preço de um Sega Genesis).
O sistema de cartão de memória permitia que se guardassem os recordes e estados do jogo sendo compatível com muitos arcades também nos EUA.
O console sempre foi reconhecido pela qualidade de seus jogos, em especial os de plataforma como Metal Slug e principalmente os de luta: The King of Fighters, Fatal Fury e Samurai Shodown moviam multidões aos fliperamas do mundo e são jogados até hoje.
Ao contrário do que normalmente acontece no mundo do entretenimento digital, onde os consoles duram poucos anos, o Neo Geo e sua versão arcade MVS duraram anos no mercado e depois de mais de 20 anos ainda movimentam um mercado de colecionadores e jogadores.